Posts Tagged ‘O Antagonista’

As fórmulas vazias de Marina Silva

20 de abril de 2018

A Folha de S. Paulo, em editorial, mostrou o vazio de Marina Silva:

“Sua entrevista ilustra à perfeição aquele velho hábito de não se comprometer com nada de palpável, repetindo rigidamente fórmulas vazias, como que memorizadas a custo, a despeito do que lhe perguntem os jornalistas.

Declara, por exemplo, não estar à esquerda nem à direita, mas ‘à frente’. Sim, pode-se aceitar a caracterização, desde que acompanhada de alguma especificidade. À frente do quê? O que pretende deixar para trás, e para onde caminha?

O auge de Marina: Ministra de Lula. 

(…)

Sua resposta é pouco mais do que uma fórmula verbal. Ao famigerado ‘presidencialismo de coalizão’, a candidata apresenta a alternativa de um ‘presidencialismo de proposição’ — pelo qual a sustentação parlamentar se faria em torno de iniciativas programáticas.

Quais? A candidata nada especifica. Condena a reforma trabalhista do governo Michel Temer, sem apresentar a sua. Foi ainda mais vaga no tocante a possíveis ajustes na Previdência —cuja necessidade reconhece, advertindo todavia para a conveniência de um amplo diálogo com todos os setores antes de maior definição (…).

No mais cansativo estilo do político tradicional, Marina Silva procura agradar a todos os lados. Pede votos pelo que é, foi ou será, e não pelo que pretende fazer.”

O Antagonista – 20.04.18 08:21 

Anúncios

QUEREM BOTAR O JOBIM NA PRESIDÊNCIA DO BRASIL!

24 de maio de 2017

LEMBRO BEM que Nelson Jobim admitiu ter enxertado artigos no texto da atual Constituição Federal, sem que estes jamais tenham sido votados;

detalhes em: http://www.migalhas.com.br/Quentes/17,MI187605,51045-Historia+dos+artigos+da+Constituicao+que+nao+foram+votados

LEMBRO BEM que Nelson Jobim promoveu em seu escritório em São Paulo encontro entre Lula e Gilmar Mendes onde o atual réu peitou Gilmar para que o mesmo “amaciasse” no julgamento do Mensalão. Indignado, Gilmar saiu de lá e botou a boca no trombone.

detalhes em: http://www.valor.com.br/politica/2679620/jobim-evita-comentar-reuniao-entre-lula-e-gilmar-mendes

 

QUEREM BOTAR O JOBIM NA PRESIDÊNCIA DO BRASIL!

O novo poste de Lula

“Lula desembarca hoje em Brasília.
Segundo Ricardo Noblat, ele vai cacifar o nome de Nelson Jobim para o lugar de Michel Temer.
FHC concorda com a escolha.
Nelson Jobim é o melhor candidato para implodir a Lava Jato.”

O Antagonista

 

SERIA A IMPLOSÃO DO BRASIL!

1 de junho de 2016

lula_reu

Tenho ouvido especulações que haveria risco daquela senhora livrar-se da cassação.

Só dá para classificar de louco, irresponsável ou criminoso o ato de mudar o voto já dado no Senado, possibilitando uma marcha a ré na SENSATEZ!

Se aquela pessoa retornasse, suas únicas preocupações seriam:
– RETALIAÇÃO contra aqueles a quem já classificou de “traidores” – já que tal atitude seria própria  de sua personalidade; e
– AÇÕES DESCARADAS para usar o PODER para buscar a IMPUNIDADE.

Entenda-se aí usar todo o poder da caneta para nomear Lula para gerir o erguimento de um dique de obstrução da justiça. Dane-se Economia, dane-se credibilidade, seria o governo do salve-se quem puder.

O Brasil literalmente IMPLODIRIA ante a esta DESGRAÇA.

Não podemos permitir isso. images

Segue texto de

“O Antagonista”.

“Dilma não é inocente – A repórter chapa branca da Folha de S. Paulo reproduziu aquilo que O Antagonista publicou no domingo, só que com menos detalhes:

– “A Odebrecht se comprometeu a dar informações sobre conversas que teve com o governo de Dilma Rousseff para que ele a ajudasse na Justiça”.

– “Outro personagem, além de ex-ministros de Estado, que pode emergir da delação da Odebrecht é Giles Azevedo”.

Se você traiu O Antagonista no domingo (envergonhe-se!), releia o que publicamos sobre o assunto:

Dilma Rousseff agiu para melar a Lava Jato.

Foi o que disse Marcelo Odebrecht em sua delação.

O Antagonista soube que o empreiteiro confirmou os relatos de Delcídio Amaral de que Dilma Rousseff nomeou Navarro Dantas ao STJ com o propósito de tirá-lo da cadeia.

E:

Marcelo Odebrecht, em sua delação, disse que se encontrou mais de uma vez com Giles Azevedo – o principal assessor de Dilma Rousseff – para discutir uma maneira de melar a Lava Jato.

O Antagonista soube que um dos caminhos acertados foi a troca de comando da PF”.

 

ESTÁ NA HORA DE AMARRAR OS CAVALOS NO OBELISCO!

5 de abril de 2016

AMARRANDO CAVALOS no OBELISCO do RJ

Senhoras e senhores:

O PP no RS disputa com o PMDB o espaço de maior partido. A notícia abaixo está em O Antagonista.
Se verdadeira, é mais que um desastre, é um acinte. 
Seria importante que o PP do RS, por TODOS os seus membros, de simples filiados a dirigentes, se manifestassem sobre isso.
Já nas eleições de 2014 tive alguns atritos, quando insistia que o PP era da Base Aliada. E é.
E agora? Vão salvar a Dilma do impeachment. É isso?
Vão salva-la do impeachment para casarem-se definitivamente com o PT?
Lembro da história do PP.  Partido sucedâneo ao antigo PSD de meu avô, que governou o RS duas vezes pela sigla e reflito: a gauchada vai deixar isso assim? Não vai rebelar-se?
Não seria razão para, dada sua importância aqui no RS, exigirem postura dos dirigentes nacionais?
Não basta dizerem, como sempre fizeram, “que no RS o PP é diferente.”
Esta frase pronta não serve para nada. Está aí a prova. É hora de atitude.
Quem sabe uma debandada em massa? Isso seria o mínimo.
POR FAVOR, ALGUÉM TEM DE FAZER ALGUMA COISA!
LEIAM: http://www.oantagonista.com/posts/governo-pt-pp

Governo PT – PP

Brasil 05.04.16 08:00Se Dilma Rousseff conseguir barrar o impeachment, ela fará um governo PT – PP.

Foi o que disse a Gerson Camarotti, do G1, um alto dirigente do PP:

“O que se tem discutido entre o PP e governo é que, no caso de ficarmos na base – o que passa pela aprovação da bancada –, queremos passar a ser o maior partido na Esplanada depois do PT. Nós queremos mais espaço no que cabe aos partidos. Se vai ser Saúde, se vai ser o MEC, este ou aquele ministério, sobre isso não tem definição, assim também como não tem exigência. Mas queremos um espaço maior”.

Trata-se de uma perspectiva extremamente animadora para o Brasil.

O VENTRÍLOQUO PRESO  

2 de março de 2016

GetAttachment

Ele produziu coisas quase impossíveis. Melhor exemplo foram as sucessivas eleições de seus dois mais famosos “bonecos”, atualmente, como ele, atolados em problemas.

 

As coisas entraram em escalada vertiginosa mesmo a partir daquela famosa mensagem encontrada no celular de Marcelo Odebrecht, sobre o risco da “cta suíça chegar campanha dela”.

 

No despacho onde prorrogou o prazo de prisão temporária do ventríloquo e sua simpática senhora, o juiz Sergio Moro chegou a mencionar que a Odebrecht utilizou “as mesmas contas empregadas para pagar propina aos agentes da Petrobrás para remunerar João Santana e Mônica Moura”.

 

Enquanto isso, Lula esperneia como pode. Reclama que está sendo atacado, que o MP está sendo parcial, pois ele não é dono de nenhum apartamento no Guarujá ou sítio em Atibaia. 

Vem criticando a decisão do STF, que aprovou a prisão de condenados em segunda instância, mesmo que possam recorrer à instância superior. Seria tudo um complô contra o primeiro boneco.

Ele tem motivos mais do que suficientes para estar preocupado.

A jornalista Monica Bergamo publicou na Folha que representantes de Lula teriam se reunido com a área jurídica da Odebrecht para combinar as explicações que a empresa daria na Justiça sobre a reforma do sítio. O engenheiro Frederico Barbosa disse que não pouparia ninguém. Em seu depoimento disse que fez a reforma do sítio de Lula a mando da empreiteira. Sem outra saída, a Odebrecht confirmou.

 

O caldo entornou e Emílio Odebrecht se convenceu de que a delação premiada é o melhor caminho para o grupo. Márcio Faria e Rogério Araújo já estariam acertados, com a concordância do patrão. Que inclusive corre o risco de fazer companhia ao filho no cárcere.

Com tudo isso em jogo, Lula, por sua defesa, comunicou ao promotor Cássio Conserino que não comparecerá ao depoimento marcado para a próxima quinta feira no Fórum da Barra Funda por não reconhecer sua autoridade frente ao caso do triplex do Guarujá. Também deveriam depor sua esposa e filho. Tomou esta atitude de confronto antes mesmo da análise do habeas corpus preventivo que impetrou. Será interessante ver qual será a atitude do promotor ante a desobediência dos intimados.   

Além das investigações sobre o sítio e o triplex, a Força Tarefa da Lava Jato está intimando empresas, bancos e entidades de classe que fizeram pagamentos a empresa de palestras de Lula para que apresentem os documentos relativos aos pagamentos efetuados e comprovem a efetiva realização das palestras. O COAF identificou R$ 27 milhões em pagamentos à empresa de Lula, de abril de 2011 a maio de 2015.  Tais eventos serão dissecados. Será que alguém os registrou em vídeo?

O procurador Deltan Dallagnol declarou à Folha de São Paulo:

“Existem dois modos de responder uma acusação. O primeiro modo é mostrar que aquilo que a pessoa disse é mentira e está errado. O segundo é desacreditar e tirar a credibilidade das pessoas que te acusam. O que vários acusados têm feito diante da robustez das provas é buscar agredir o acusador, tentando tirar desse modo a credibilidade. Mas isso é criar uma espécie de teoria da conspiração.”

Temos várias implosões em gestação. Com o ventríloquo construtor de versões em cana, a gestão do desastre está acéfala. Bom motivo para prolongar sua estada em Curitiba.

Enio Meneghetti

CALMA! UM DE CADA VEZ! – “Quanto mais moribundo, melhor”

12 de novembro de 2015

GetAttachment

“Confesso que vejo com muita desconfiança o espaço que a imprensa vem dedicando ao caso Eduardo Cunha.”

Esta frase era o ponto central deste artigo, que escrevi e foi publicado há duas semanas pelo “Correio de Cachoeirinha”  e contém nada mais do que o óbvio.

Pois veja o que registra publica hoje “O Antagonista”:

http://www.oantagonista.com/posts/quanto-mais-moribundo-melhor

Dilma Rousseff sabe que Eduardo Cunha é a melhor arma contra o impeachment.

Um “auxiliar presidencial” disse à coluna Painel, da Folha de S. Paulo:

“Enquanto a pauta for ele, estamos bem”.

O jornal acrescenta que “gente graúda do governo já admite que o melhor para Dilma é Cunha permanecer onde está. Quanto mais moribundo, melhor”.

 

Segue a singela postagem original: 

 

Depois da declaração de Lula semana passada de que “não tem medo de ser preso”, o país parece ter entrado em estado de letargia. Nem mesmo a recém iniciada greve dos caminhoneiros pelo impeachment da presidente da República parece ter agitado o ambiente.     

 

São três os temas explosivos do momento: a expectativa em relação a uma hipotética prisão de Lula, possibilidade que apavora a muitos e é ardorosamente desejada por outros tantos (bota “tantos” nisso), o processo de impeachment de Dilma, cujo andamento está nas mãos de Eduardo Cunha e a pressão para que o mesmo Eduardo Cunha renuncie a presidência da Câmara dos Deputados.

 

Confesso que vejo com muita desconfiança o espaço que a imprensa vem dedicando ao caso Eduardo Cunha. Claro que é um assunto gravíssimo, mas muito mais grave é a decisão que está nas mãos dele. O destino de Cunha está selado. Estão reservadas para ele as consequências do que vem sendo apurado de irregularidades. Ele não tem como escapar delas. Porém, constato como fato que, desde que Cunha passou a dominar o noticiário, o tema impeachment arrefeceu. A exceção são os caminhoneiros, em uma greve que o Planalto apressou-se a classificar de “fracasso”.

 

Porém, o assunto realmente importante é o pedido de impeachment, sem dúvida nenhuma.  Por que está no ar uma sensação coletiva de que o momento passou? Claro que para o Planalto seria excelente a oportunidade de emplacar no lugar de Cunha, um governista, a quem caberia, nos sonhos dos dilmistas, analisar o acolhimento do pedido.            

 

Eduardo Cunha declarou ao Estadão que sua decisão sairá na segunda quinzena deste mês de novembro, baseada em critérios técnicos.

 

E se formos falar em técnica, o ex presidente do STF, Ministro Carlos Velloso deu ao Correio Brasiliense uma opinião alentadora: “Fui dos primeiros a afirmar, quando se falava nesse tema, que não havia, até então, motivo, mas mudei o entendimento depois da decisão do TCU de rejeitar as contas da presidente”, disse.

“O TCU reconheceu aquilo que foi apelidado de ‘pedalada’ — aquelas operações que consistiam, em síntese, no fato de a Presidência ter obrigado e submetido um banco estatal a pagar dívidas do governo do Estado, o que é proibido pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Então, a partir daquele momento, penso que surgiu um motivo determinado para o impeachment”, explicou o ex-ministro.

 

Com a palavra, ou melhor a caneta, Eduardo Cunha.

 

Pela ordem, depois viria Lula. E depois o próprio Cunha. 

Assim esperam as pessoas de bem. Um de cada vez. 

Enio Meneghetti

 

https://login.skype.com/login/silent?response_type=postmessage&client_id=580081&redirect_uri=https%3A%2F%2Fblu176.mail.live.com%2Fdefault.aspx&state=silentloginsdk_1447288175056&_accept=1.0&_nc=1447288175056&partner=999

Contra o humor, não há resposta. Danilo Gentili arrasa com Lula e seu pretenso Instituto ao ser questionado.

20 de agosto de 2015

Danilo Gentili fez piada com a bomba suspeita que explodiu na porta do Instituto Lula.

Os pensadores do Instituto resolveram cutucar. Deu no que segue, cortesia do Antagonista.

Bem feito! Quem mandou mexer com gente grande?

Danilo Gentili, o “pretenso humorista”, responde ao “Instituto” Lula

O Antagonista abre espaço para Danilo Gentili responder ao Instituto Lula:

“Um pretenso instituto publicou uma nota cobrando de mim (um pretenso comediante segundo eles) esclarecimentos a respeito de uma piadinha no twitter sobre um pretenso atentado a bomba na sede do “instituto” que teve como consequência gravíssima um furinho no portão.

Mesmo sendo do conhecimento de todos que me seguem nas redes sociais que sou humorista e que, através dessas plataformas, utilizo exageros, nonsense e outros recursos sempre com a intenção de brincar, reforço que levar a sério o que eu escrevo lá é tão racional quanto tentar prender a Cássia Kiss (não a Leila) por ter matado a Beatriz Segall (não a Odete Roitman). Ou tão irracional quanto dizer que não existe uma meta, mas que, quando atingida a meta, essa meta será dobrada.Comediantes fazem P-I-A-D-A-S. E isso (ainda) não é crime.

Mas cabe uma reflexão: a dificuldade de alguns em compreender isso estaria diretamente relacionada ao declínio da educação no país? Afinal, o Brasil ocupa o 60º lugar entre 76 países listados no ranking de educação, ficando atrás de Irã e Cazaquistão, e o pretenso governo responsável por tal índice adotou o slogan “Pátria Educadora” (atenção: essa piada não é minha). Sendo assim, não é de se espantar que a todo momento um humorista precise vir a público explicar que geralmente quando fala absurdos é com a intenção de brincar.

Só para ilustrar, outro dia mesmo, assisti a um pessoalzinho escandalizado com uma piadinha no twitter e, logo depois, vi essas mesmas pessoas defendendo o Zé Dirceu como herói, apesar da comprovação de seus crimes. Tudo leva a crer que a péssima qualidade do ensino realmente comprometeu a capacidade cognitiva de alguns. Ou, então, teremos de admitir que vivemos em um ambiente extremamente hostil à liberdade de expressão. Que o diga Larry Rohter! Por essas e outras, não me assusta mais saber que vivemos em um tempo no qual uma twittada é vista como algo mais grave do que o roubo de dinheiro público, que afeta principalmente a população mais carente – a qual essas mesmas pessoas dizem defender.

Porém, o que me surpreendeu nessa história toda foi a grande importância atribuída a mim, um (pretenso) humorista por uma “instituição” como essa. E, se conseguirem coagir um humorista que declaradamente pede para não ser levado a sério, irão atrás de quem na sequência? Caso seja verdade que o pretenso instituto apresentou medida judicial, responderei em juízo o que me foi perguntado.

Sabendo agora, no entanto, que entre todas as suas importantíssimas atividades o “instituto” também se dedica a pedir esclarecimentos públicos sobre assuntos de relevância nacional, como brincadeiras no twitter, aproveito a oportunidade neste espaço privilegiado, para pedir que ajudem também a responder a outras seis questões, certamente bem menos graves do que as minhas piadinhas:

1 – Conforme noticiado recentemente, um número de telefone desse pretenso instituto proporcionou uma ligação entre Lula e Alexandrino Alencar (preso na Lava Jato). Quando o Estadão pediu maiores esclarecimentos, negaram-se a dar. Poderiam esclarecer agora as relações de Lula com as empreiteiras envolvidas na Operação Lava Jato?
2- O “instituto” pode esclarecer se tem Zé Dirceu como herói nacional ou o considera um criminoso, tal qual reconheceu o Supremo Tribunal Federal?

3 – O pretenso instituto poderia ajudar a esclarecer o enriquecimento do filho do ex-presidente que lhe empresta o nome

4 – O pretenso instituto confirma o relatório do COAF (Controle de Atividades Financeiras do Ministério da Fazenda), que considera a movimentação da empresa de Lula incompatível com seu faturamento?

5 – O pretenso instituto poderia pressionar os órgãos competentes para ajudar a esclarecer melhor o assassinato de Celso Daniel e pessoas que tiveram contato com ele? 6- Além de pedir esclarecimentos sobre piadinhas de twitter e lançar nota de repúdio contra um boneco gigante do Lula presidiário nas manifestações do último domingo, para que mais serve o “Instituto” Lula?

Agradecendo ao pretenso instituto que me proporcionou esse maravilhoso palanque, me despeço anunciando que quem quiser ler novas piadinhas pode me seguir no twitter @danilogentili.”

Danilo Gentili

“Comediantes fazem P-I-A-D-A-S”

 

BNDES – Entenda por que a necessidade de tanto segredo!

3 de junho de 2015

Como os empréstimos secretos a países estrangeiros NUNCA foram apreciados pelo CONGRESSO NACIONAL, são MAIS QUE ILEGAIS.

São inconstitucionais.

 

“BNDES: 8,25 bilhões de dólares para a Odebrecht”

Esta vem do excelente “O Antagonista”:

 

“O BNDES concedeu quase 8,3 bilhões de dólares em financiamentos para a Odebrecht realizar obras de engenharia no exterior de 2007 a 2015.

O grosso foi para obras em Angola, Argentina e República Dominicana, que, juntas, receberam 5,7 bilhões de dólares. As taxas de juros dos empréstimos variaram entre 3,15% ao ano e 7,65% ao ano.

Angola: 2 584 725 036 de dólares

Argentina: 1 692 686 303 de dólares

República Dominicana: 1 618 744 928 de dólares

Venezuela: 896 785 847 de dólares

Cuba: 846 951 391 de dólares ( Companhia de Obras e Infraestrutura, subsidiária da Odebrecht).

Guatemala: 280 000 000 de dólares

Equador : 227 197 109 de dólares

Maçambique: 125 000 000 de dólares

Total: 8 257 214 774 de dólares.”

Parabéns, brasileiros! Vocês (nós) que estão (estamos) pagando!

 

Art. 49 da CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA:  É da competência exclusiva do Congresso Nacional: 

I – resolver definitivamente sobre tratados, acordos ou atos internacionais que acarretem encargos ou compromissos gravosos ao patrimônio nacional;

Como os empréstimos secretos a países estrangeiros NUNCA foram apreciados pelo CONGRESSO NACIONAL, são MAIS QUE ILEGAIS. São inconstitucionais. Isso, por si só, é motivo para Impeachment.

Simples assim.

Enio Meneghetti

 

O nerd e a megera

11 de abril de 2015

 

 

 

Estava na cara que havia algo de suspeito por trás desse encontro.

dilmazuckerberg_625

O Antagonista:

O Facebook veste a camisa do PT

“Está explicado por que Dilma Rousseff vestiu o agasalho do Facebook: é porque o Facebook vestiu a camisa do PT.

Mark Zuckerberg firmou uma parceria com o governo de Dilma Rousseff, para expandir a rede de internet gratuita pelo Brasil. O Facebook entra com a estrutura; o governo petista entra com o “conteúdo”.

É o capitalismo americano apoiando a doutrinação esquerdezofrênica e cínica do PT.

Onde está o Departamento de Estado? Isso pode, John Kerry?

Já passou da hora de os republicanos voltarem à Casa Branca.”

 

Para o fb topar essa parceria com a derrota em forma de governo, é porque já devem ter detectado a curva descendente da rede.

http://www.eniomeneghetti.com

 

 

Acordos de leniência com a CGU – sob medida para que Lula e Dilma se safem

24 de março de 2015

No “pacote anticorrupção” de Dilma Rousseff, os acordos de leniência entre as empreiteiras e a CGU – Controladoria-Geral da União, são a malandragem que permitirá às empreiteiras lambuzadas no Petrolão a continuar a firmando contratos com o governo e a obter empréstimos de bancos públicos.

A instrução que criou a peça foi de autoria do advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, como revelou o site O Antagonista.

Em retribuição ao favor governamental, as empreiteiras não falarão nada a respeito da participação de Lula e Dilma Rousseff no esquema de corrupção que destruiu a Petrobras.

A quem de direito, é preciso fazer alguma coisa para impedir mais este absurdo promovido pelo governo. 

http://www.eniomeneghetti.com