BNDES – Entenda por que a necessidade de tanto segredo!

Como os empréstimos secretos a países estrangeiros NUNCA foram apreciados pelo CONGRESSO NACIONAL, são MAIS QUE ILEGAIS.

São inconstitucionais.

 

“BNDES: 8,25 bilhões de dólares para a Odebrecht”

Esta vem do excelente “O Antagonista”:

 

“O BNDES concedeu quase 8,3 bilhões de dólares em financiamentos para a Odebrecht realizar obras de engenharia no exterior de 2007 a 2015.

O grosso foi para obras em Angola, Argentina e República Dominicana, que, juntas, receberam 5,7 bilhões de dólares. As taxas de juros dos empréstimos variaram entre 3,15% ao ano e 7,65% ao ano.

Angola: 2 584 725 036 de dólares

Argentina: 1 692 686 303 de dólares

República Dominicana: 1 618 744 928 de dólares

Venezuela: 896 785 847 de dólares

Cuba: 846 951 391 de dólares ( Companhia de Obras e Infraestrutura, subsidiária da Odebrecht).

Guatemala: 280 000 000 de dólares

Equador : 227 197 109 de dólares

Maçambique: 125 000 000 de dólares

Total: 8 257 214 774 de dólares.”

Parabéns, brasileiros! Vocês (nós) que estão (estamos) pagando!

 

Art. 49 da CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA:  É da competência exclusiva do Congresso Nacional: 

I – resolver definitivamente sobre tratados, acordos ou atos internacionais que acarretem encargos ou compromissos gravosos ao patrimônio nacional;

Como os empréstimos secretos a países estrangeiros NUNCA foram apreciados pelo CONGRESSO NACIONAL, são MAIS QUE ILEGAIS. São inconstitucionais. Isso, por si só, é motivo para Impeachment.

Simples assim.

Enio Meneghetti

 

Anúncios

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: