Posts Tagged ‘antecipação de campanha’

Lula surtou?

2 de maio de 2014

Lula Traira

Foi patético o discurso eleitoral de Dilma em cadeia de TV na véspera do Dia do Trabalho.

Antecipando descaradamente o discurso eleitoral, trabalhou para gerar manchetes para o dia seguinte.

Aumento do bolsa miséria e do piso do imposto de Renda.

O velho e apelativo discurso, a defesa dos fracos e oprimidos contra a voracidade das elites. Mirando na classe média-média-baixa, onde vem perdendo apoio, procurou cativar com o piso do imposto de renda.

Sem emoção alguma, denotando uma imagem de cansaço e alguma depressão, limitou-se a ler no teleprompter o texto redigido cuidadosamente pelo marqueteiro, visando o público de menor renda e menor nível de instrução.

Dilma está repleta de problemas. Até então, o fato da semana havia sido a desastrada entrevista concedida por Lula para a TV portuguesa.

Nela o ex-presidente afirmou que o maior escândalo político da História brasileira não existiu.

O que eu acho é que não houve mensalão. Também não vou ficar discutindo a decisão da Suprema Corte. Eu só acho que essa história vai ser recontada. É apenas uma questão de tempo, e essa história vai ser recontada para saber o que aconteceu na verdade. O tempo vai se encarregar de provar que no mensalão você teve praticamente 80% de decisão política e 20% de decisão jurídica. – afirmou o ex-presidente.

Em suma, ele acha que “não houve mensalão” e em seguida recuou para dizer que “não vou ficar discutindo a decisão da Suprema Corte”…

Nada falou sobre o fato de que o relator do processo foi um Ministro da Suprema Corte nomeado por ele próprio, Lula. No caso, o atual presidente do STF, Ministro Joaquim Barbosa. Não falou que seis dos Ministros que votaram na primeira fase foram nomeados por ele ou sua sucessora, eleita com seu apoio. Não fala do amplo direito de defesa que tiveram os réus condenados, fato que inclusive reduziu suas penas e garantiu-lhes o direito de cumprir as penalidades no regime semiaberto. E, suprema heresia, quando a entrevistadora assinalou que entre os presos estão companheiros próximos de Lula, ele negou a amizade: ─ “Sabe, tem companheiros do PT presos… mas não se trata de gente da minha confiança”. – Que feio, hein seu Lula?

Bem, já que se está descobrindo essa nova faceta de Lula, a trairagem, será interessante ver como se desenrolará outra polêmica que recém se inicia.

Atolada em dificuldades com seus índices de aprovação que se reduzem gradativamente, muitos lulistas pensam em rifar Dilma, substituindo-a como candidata à reeleição pelo ex-presidente. Na avaliação de alguns próceres petistas, o nome de Lula seria o único capaz de unir a base aliada em torno de uma candidatura. Dilma está quase isolada, contando apenas como apoios certos, o do ministro Aloizio Mercadante (Casa Civil), da senadora Gleisi Hoffmann no Congresso e do presidente do PT, Rui Falcão.

A principal defensora da substituição de Dilma por Lula é a ministra Marta Suplicy. Porém, os próprios petistas assinalam que só há duas hipóteses de Lula ser candidato: se a própria Dilma pedir ou se a base aliada (alugada?), com partidos como PR, PP e PMDB, pularem fora.

Há ainda outra hipótese mais maluca sendo defendida por alguns: a de Lula concorrer como vice de Dilma. Bem, se isso ocorrer, e na hipótese de reeleição da macabra combinação, será interessante ver a ação do “fogo amigo”, que se movimentará bastante para possibilitar uma – quem sabe? – promoção do “vice”…

De um ou outro jeito, teremos tempos quentes pela frente.

Enio Meneghetti
http://www.eniomeneghetti.com

Anúncios