O Fanfarrão

GetAttachment

Ele se acha o cara. O melhor de todos. Seguro de si, cheio de opiniões. É arrogante e mentiroso. Mas para alguns, irresistível.

Bem articulado, é ótimo marqueteiro pessoal.  Se a imprensa o critica, ele reage indignado. Mesmo ignorante, se acha genial. Não que seja burro, mas inteligente também não é. Ele é esperto, safo. Consegue iludir pessoas muito mais bem preparadas do que ele. Afinal, ele tem a esperteza das ruas.

Não gosta de ler ou estudar e gaba-se disso. Também não gosta de trabalhar. Pelo menos naquela definição que a maioria das pessoas tem de trabalho.  Acha repetitivo e chato. Se precisar cortar um dedo para evitá-lo, ele o fará. Para ele, trabalho mesmo é enganar os outros. Ele usa as pessoas para se dar bem.

É capaz de induzir outros a praticarem falcatruas em seu benefício. E tira proveito delas sem se constranger.

Pessoas para ele não são mais que objetos para usar em seus propósitos. Consegue manipular quem praticou atos condenáveis em proveito dele de tal forma que estas dificilmente o incriminarão, tal é seu poder sobre elas. Afinal, elas acham que na hora “H” ele as ajudará. Que nada, diante de um amigo preso, ele apenas se frustrará por ter uma fonte de favores a menos. Culpa é uma palavra que não existe em seu dicionário. Ele tem a moral deformada.  É capaz de puxar o tapete de qualquer um (ou uma) para se safar.

Adora exercer seu poder sobre as pessoas. Afinal, ele se acha o cara mais importante do mundo. Seria capaz até de se comparar aos maiores personagens da história sem o mínimo constrangimento. Nada é demais para ele. Ele é o melhor cara do mundo, lembra-se?

Reage desproporcionalmente a insulto, frustração ou ameaça. Mas a indignação dura pouco e logo ele volta a agir como se nada tivesse acontecido. É parte de sua forma de intimidar. Mas lá bem no fundo, é um covarde.

Mas autoconfiante, mente tanto que às vezes nem se dá conta que está mentindo. Com charme e sangue frio, sua capacidade de gabar-se e contar lorotas é inesgotável. É parte de seu talento para enganar.

Regras sociais não valem nada para ele. Falta de ética, deslizes legais, abuso de autoridade, assédio moral, ele poderá cometer qualquer um desses com quem estiver a seu alcance.

Você conhece alguém com estas características? Cuidado! Você pode estar sendo vítima de um psicopata.

Enio Meneghetti

Anúncios

Tags: , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: