Pero, e se ganamos?

Foto0224 Nos tempos do presidente argentino Carlos Saul Menen, fazia sucesso por aqui uma anedota sobre uma solução infálível para tirar o país do atoleiro financeiro que se encontrava.

Em uma das muitas reuniões do ministério para tratar da crise, o presidente Menen ouvia de tudo. Até que um dia, teria vindo uma solução aparentemente magistral, da lavra do Ministro Cavallo:

– ¡Lo sé! Vamos a declarar la guerra a los Estados Unidos!
– Cómo es eso? – perguntou Menem. – ¿Cómo nos ayuda esto? – Cavallo explicou:

– Sí, declarar la guerra y perdido. Entonces podemos recibir grandes sumas de dinero en concepto de ayuda económica después de la derrota!

Embora chocado inicialmente, Menen começava a ver que havia um “que” de genialidade na idéia. – Sí, podría funcionar! – já refletia el presidente!

Até que um dos ministros novatos, já despontando como um desmancha prazer, levantou a mão pedindo a palavra. Enquanto todos já antecipavam o que viria pela frente, o presidente concede:

– Pero, e se ganamos?

Lembrei dessa antiga anedota ao ver a carranca de dona Dilma para o presidente dos Estados Unidos na reunião dos G 20 ontem.

publicado em http://www.eniomeneghetti.com

Anúncios

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: